O desemprego aumentou no Brasil no primeiro trimestre deste ano.

Foto: Ana Volpe/Agência Senado
Redação Vibenews

Redação Vibenews

O desemprego aumentou no Brasil no primeiro trimestre deste ano.

Como divulgou o IBGE no fim de abril, a taxa nacional passou de 7,9%, registrada no último trimestre de 2022, para 8,8%, no período que engloba os meses de janeiro, fevereiro e março.

Nesta quinta-feira, o Instituto apresentou os números do primeiro tri detalhados e revelou que a desocupação aumentou em 16 das 27 unidades da federação, como detalha a analista do IBGE,  Alessandra Brito

A análise por cor ou raça também mostrou diferenças importantes:

Outro destaque é com relação à informalidade.

A média nacional ficou em 39% nos primeiros três meses. Os maiores percentuais estavam no Pará, com 59,6%, no Amazonas, 57,2% e no Maranhão 56,5%; nesses 3 estados, a maioria dos ocupados estava em trabalhos informais no período analisado.

Já Santa Catarina tem a menor taxa de informalidade do Brasil: 26,1%; Distrito Federal e São Paulo aparecem na sequência, com proporção de aproximadamente 3 informais a cada 10 trabalhadores, também abaixo da média nacional.

 

Compartilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
WhatsApp

Relacionados

5 milhões se inscreveram para Enem 2024

Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) registraram 5.055.699 inscrições para o Exame Nacional do Ensino

Participe do Sorteio Cadastrando Abaixo!