Chega de gripe! Veja como a vitamina C pode fortalecer o sistema imunológico

Redação Vibenews

Redação Vibenews

Durante o outono e inverno, observamos uma maior incidência de pessoas gripadas. Isso ocorre por serem épocas em que há a predominância de frio e da baixa umidade, condições propícias para a sobrevida e transmissão de vírus. Quando os primeiros sintomas gripais surgem, é comum que as pessoas recorram à vitamina C como uma forma de combater a doença. Mas, será que o suplemento, de fato, tem poder para curá-las?

A vitamina C, ou ácido ascórbico, não é produzida naturalmente pelo organismo, no entanto é essencial para auxiliar na produção de glóbulos brancos, que são responsáveis pela defesa do organismo contra agentes infecciosos como vírus ou bactérias. Além disso, o consumo diminui as chances de infecções pulmonares e aliviam os sintomas de influenza com mais rapidez. Por isso, ela deve ser absorvida por meio da alimentação ou suplementação, mas devem ser indicadas por um profissional de saúde para evitar erros.

Apesar da substância ser uma forte aliada na prevenção de gripes e resfriados, a farmacêutica e gerente técnica da Singular Pharma, Rosana Amorim, explica como a vitamina C deve ser consumida.

“O ideal é fazer a ingestão da vitamina C regularmente para uma absorção contínua, o que não ocorre se a utilização se der apenas quando o indivíduo está gripado. Nesses casos, onde já se está nos processos gripais, a suplementação auxilia na melhoria dos sintomas, já que o sistema imunológico precisa desse nutriente para sua recuperação”, esclareceu Rosana.

Alimentos ricos em vitamina C

A vitamina C pode ser encontrada em frutas cítricas como: acerola, laranja, tangerina, limão, caju, morango e tomate. E em vegetais como repolho e hortaliças a exemplo do pimentão. Além disso, também é possível suplementar o ácido ascórbico em cápsula, que é a forma farmacêutica mais prática.

“Existem outras formas mais saborosas e que aumentam a adesão ao tratamento são elas: gomas, sachês, xaropes, shot, pirulito, pastilhas. Inclusive, há opções do suplemento direcionado para crianças, em formatos de goma suplementada com sabor laranja e própolis e pirulito também vitaminado”, acrescentou a profissional.

Vitamina D: outra aliada do sistema imune

Além do suplemento em questão, a especialista destaca a importância de estar em dia com a vitamina D, hormônio que atua na saúde óssea, crescimento, imunidade, musculatura, metabolismo e em diversos órgãos e sistemas, como o cardiovascular e o sistema nervoso central.

“Nosso corpo a utiliza em muitos processos vitais e principalmente no reforço e manutenção do funcionamento do sistema imune quando ativa nossas principais células de defesa. É uma vitamina essencial para o organismo humano e mantê-la na quantidade adequada fornece diversos benefícios”, adicionou a farmacêutica.

Fonte: Comunicativaassociados

Compartilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
WhatsApp

Relacionados

5 milhões se inscreveram para Enem 2024

Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) registraram 5.055.699 inscrições para o Exame Nacional do Ensino

Participe do Sorteio Cadastrando Abaixo!