Um em cada 3 homens está infectado com HPV; vacina é principal forma de proteção

Redação Vibenews

Redação Vibenews

Um em cada 3 homens com mais de 15 anos está infectado com HPV, o papilomavirus humano, do tipo genital.

E um em cada cinco está infectado com HPV de alto risco, que está relacionado ao desenvolvimento de diversos tipos de cânceres, como o de colo de útero, de pênis e de vagina, o câncer anal e o câncer de orofaringe.

É isso que mostra um estudo publicado no The Lancet, uma das revistas científicas mais conceituadas do mundo.

O estudo foi feito por um grupo internacional de pesquisadores. Eles avaliaram a prevalência da infecção genital por HPV na população masculina com base em estudos publicados entre 1995 e 2022.

Percentualmente falando, a prevalência foi de 31% para qualquer tipo de HPV e 21% para HPV de alto risco.

Estima-se que, em todo o mundo, aproximadamente 70 mil casos de câncer em homens são causados pelo HPV, anualmente.

O HPV é uma infecção sexualmente transmissível e, portanto, o uso de preservativo nas relações sexuais é importante para evitar o contágio.

No entanto, a melhor forma de prevenir a doença é com vacinação.

Atualmente, a vacinação de rotina contra o HPV é oferecida gratuitamente para meninos e meninas de 9 a 14 anos, no esquema de duas doses. Adultos portadores de HIV, transplantados e pessoas em tratamento oncológico como radio ou quimioterapia, além dos imunossuprimidos e vítimas de violência sexual, também podem receber o imunizante pelo SUS.

Desde 2014, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece o imunizante quadrivalente, que protege contra quatro subtipos do vírus, dois que estão associados casos de câncer e dois responsáveis pela maior parte das verrugas genitais

Compartilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
WhatsApp

Relacionados

Participe do Sorteio Cadastrando Abaixo!