Quatro em cada 10 crianças de 7 a 9 anos não sabem ler e escrever no Brasil

Foto: Saopauloparacriancas
Redação Vibenews

Redação Vibenews

Quatro em cada 10 crianças de 7 a 9 anos não sabem ler e escrever no nosso país.

O dado é de estudo elaborado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância, o Unicef, com base em dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio, a Pnad contínua, do IBGE.

De acordo com o estudo, pandemia de covid fez a situação se agravar no nosso país.

Em 2019, ano anterior ao início da crise sanitária, a porcentagem de crianças de 7 a 9 anos não -alfabetizadas era de 20%; em 2022, saltou para 40%.

O estudo mapeou a chamada pobreza multidimensional na infância e adolescência e os impactos no acesso não só à educação, mas também à moradia, água e saneamento básico – que são, inclusive, direitos fundamentais garantidos pela nossa Constituição.

Com relação ao saneamento básico, por exemplo, 37% das crianças e adolescentes ainda não tinham acesso a esse direito no ano passado – em 2019 eram 39,5%, o que mostra uma pequena melhora, embora o percentual ainda seja bem elevado.

Segundo o Unicef, ao todo 31,9 milhões de crianças e adolescentes do nosso país estão privados de algum dos direitos básicos. É mais da metade do total de 52,8 milhões de pessoas de 0 a 17 anos vivendo no país.

Compartilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
WhatsApp

Relacionados

5 milhões se inscreveram para Enem 2024

Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) registraram 5.055.699 inscrições para o Exame Nacional do Ensino

Participe do Sorteio Cadastrando Abaixo!