Perder peso ainda é o fator que mais leva pessoas aos exercícios, indica levantamento

Redação Vibenews

Redação Vibenews

Inúmeras pesquisas já comprovam que a prática de exercícios físicos traz inúmeros benefícios para as pessoas, os principais deles relacionados à manutenção da saúde física e mental. Ainda assim, é a busca pelo emagrecimento que faz com que muitas pessoas deem o primeiro passo para incluir os exercícios na rotina.

É o que mostra o levantamento feito pelo pelo fitness coach mineiro Roberth Resende com seus seguidores nas redes sociais. De acordo com a pesquisa, dos 519 respondentes, 188 citaram “perder peso” como sua principal motivação para fazer exercícios físicos. Outros motivos citados foram ter um corpo com músculos definidos (79 respostas), ter uma vida mais saudável (72), ganhar massa muscular (64), melhorar o condicionamento físico (36), diminuir a flacidez (30) e ter mais disposição e energia (25). Apenas 19 disseram não terem motivação para se exercitarem.

“As pessoas que buscam perder peso estão tentando resolver uma questão de autoestima. São pessoas que, seja pela comparação com outras pessoas ou pela pressão da mídia, não se sentem bem e estão buscando a própria aceitação”, avalia o fitness coach. Embora este não seja o único caminho para isso, Resende entende como positivo o fato de essa busca levar à prática de exercícios, pois, ao começarem a se exercitar, os indivíduos começam a conhecer e perceber os outros benefícios que uma vida ativa pode trazer.

“São muitos os benefícios além da estética, como a melhora do sono, o aumento da produtividade, a redução de quadros de depressão e ansiedade. Como isso, os praticantes começam a se sentir mais leves perante a vida, a ter menos problemas de saúde etc”, enumera o especialista. O bem-estar se reflete em diversos aspectos da vida, beneficiando também as relações que mantemos.

Metas são importantes

Tão importante quanto começar a se exercitar é conseguir manter a prática a longo prazo. Para isso, quem busca emagrecer deve ter, desde o princípio, uma meta a ser atingida. É isso que vai fazer com que ela se comprometa com a mudança no estilo de vida. Além disso, é preciso planejar o caminho até a meta, com o porcionamento do objetivo em metas “menores”. “Quando a pessoa quer perder 15 kg, essa meta pode parecer muito distante. Fazer um planejamento e pensar em mais ou menos 3,5 kg por mês ao longo de quatro meses é muito mais acessível”, diz Resende.

Uma vez atingido o objetivo, a tendência é que o praticante já reconheça todos os benefícios que os exercícios trazem para sua vida e opte por mantê-los na rotina. “Mas é importante se apaixonar por essa nova versão de si e lembrar das insatisfações que o levaram até ali para não voltar aos hábitos de antes”, recomenda o fitness coach.

Compartilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
WhatsApp

Relacionados

5 milhões se inscreveram para Enem 2024

Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) registraram 5.055.699 inscrições para o Exame Nacional do Ensino

Participe do Sorteio Cadastrando Abaixo!