Mundo tem uma morte materna ou de bebê rescém-nascido a cada 7 segundos

Redação Vibenews

Redação Vibenews

Mortes de mães e bebês por complicações na gravidez e no parto não diminuem significativamente desde 2015.

O alerta – e a preocupação!! – é da Organização Mundial de Saúde.

A estimativa é que, anualmente, em todo o mundo, cerca de 4 milhões e meio de mulheres e bebês morrem durante a gestação, o parto ou nas primeiras semanas de vida do neném.

Isso significa uma morte a cada sete segundos – mortes que, em sua maioria, de acordo com a OMS, poderia ter evitadas com investimentos maiores e mais inteligentes em cuidados de saúde primários.

Ainda segundo a OMS, entre os 4,5 milhões de mortes, 290 mil são de mães,  1,9 milhão de bebês após a 28º semana de gravidez e 2,3 milhões de recém-nascidos, durante o primeiro mês de vida.

Foram analisados dados de mais de 100 países.

A lista dos países com os maiores números de morte materna e de recém-nascidos é encabeçada por Índia, Nigéria e Paquistão.

Compartilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
WhatsApp

Relacionados

5 milhões se inscreveram para Enem 2024

Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) registraram 5.055.699 inscrições para o Exame Nacional do Ensino

Participe do Sorteio Cadastrando Abaixo!