INSS passa a conceder pensão por morte urbana de forma automática

Redação Vibenews

Redação Vibenews

Pensão por morte de pessoa que trabalhou na área urbana já é concedida de forma automática pelo INSS.

A solicitação deve ser feita pelo aplicativo Meu INSS e a liberação ocorre depois que o requerimento é analisado.

Pessoas já atendidas pelo reconhecimento automático tiveram o benefício previdenciário liberado em dez dias.

A pensão por morte é destinada a quem perdeu a pessoa com quem se casou ou mantinha união estável, há pelo menos, dois anos.

Mas é necessário que tenham sido feitos pelo menos 18 contribuições mensais para a Previdência.

Caso esses requisitos não sejam cumpridos, a pensão terá duração de apenas quatro meses.

Outra regra é que a pessoa que faleceu não tenha perdido a qualidade de segurado, caso não tenha chegado a se aposentar.

Isso ocorre quando o beneficiário deixa de fazer contribuições ao INSS por mais de 12 meses.

Apesar dele não perder o período que já pagou, para fins de aposentadoria, é preciso voltar a contribuir para ter ser considerado segurado.

Compartilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
WhatsApp

Relacionados

5 milhões se inscreveram para Enem 2024

Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) registraram 5.055.699 inscrições para o Exame Nacional do Ensino

Participe do Sorteio Cadastrando Abaixo!