Estudo mostra que diabetes também é fator de risco para doença cardíada, assim como hipertensão e colesterol

Redação Vibenews

Redação Vibenews

Ter diabetes é um fator de risco para doenças cardíacas – e, muitas vezes, os problemas no coração se desenvolvem de forma silenciosa.

Um estudo realizado nos Estados Unidos, com pessoas diagnosticadas com diabetes tipo 2, que é a versão mais comum do diabetes está diretamente ligada aos hábitos de vida, revelou 33% dos pacientes tinha sinais de alguma doença cardíaca que ainda não havia sido detectada – um em cada três, para a compreensão ficar mais fácil.

O percentual de pessoas sem diabetes que convive com uma doença cardíaca assintomática é praticamente a metade.

Em outras palavras uma pessoa com diabetes tipo 2 tem o dobro de risco de morrer por consequência de uma doença cardiovascular.

E esse risco fica ainda maior, de acordo com os pesquisadores, esse risco se a pessoa estiver convivendo com a diabetes há mais de uma década ou se, mesmo diagnosticado, não conseguir controlar os níveis de açúcar no sangue.

Embora o estudo não tenha conseguido determinar o que leva uma pessoa com diabetes a manifestar problemas cardíacos, os cientistas afirmam que os resultados mostram que a doença deve ser considerada um fator de risco cardíaco tão importante como o colesterol alto e a hipertensão.

Compartilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
WhatsApp

Relacionados

Participe do Sorteio Cadastrando Abaixo!